segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Le chic dans sa peau

é quase impossível chegar a Paris e não ficar deslumbrada com o estilo das parisiennes. eu fiquei, assim que cheguei e as minhas amigas, que estiveram cá de visita, também. não conheci, até agora, ninguém que não ache que les filles daqui não têm um sentido de estilo muito particular. eu, que estou de fora, tenho alguma dificuldade de explicar as subtilezas da estética feminina que se vê por aqui sem recorrer aos clichés da allure e do je ne sais quoi. até porque não há um estilo característico, mas sim vários: o descontraído do Marais, o sofisticado de St. Honoré, o boémio de St. Germain...
mas a verdade é que, como me explicou um parisiense este fim-de-semana, estejam vestidas de preto da cabeça aos pés, de vintage e roupas antigas ou com os mais puros looks bobo tão típicos da Rive Gauche, todas as parisiennes têm entre si um denominador comum: são chiques. e isso não é, de facto, uma coisa que se explique, mas que se sente ao deambular pela cidade ou nestas incríveis fotografias de Tommy Tom do Jak&Jil... não é?

4 comentários:

Silvana Querido disse...

Todas elas têm uma coisa em comum. São parisienses. E Paris é mesmo isso .. Paris!

au revoir Camille. disse...

é um 'je ne sais quoi'

Anónimo disse...

Só que metade das que aqui estão nem francesas são...

little miss chanel disse...

é verdade. há aqui "não francesas":

Imagem 3: Giovana Bataglia, da Vogue Acessorios Italia
Imagem 4: Barbara Martelo, da Vogue Espanha
Imagem 10: Miroslava Duma, da Harpers Bazaar Russia.

mas, como me explicou também o parisiense, para se ser parisienne não é obrigatorio ser-se francesa, mas sim incorporar o chic. e elas fazem-no muito bem. têm a aura necessária e são apenas um exemplo, entre tantas pessoas de nacionalidades diferentes que cruzam as ruas de paris, que enchem a cidade de um estilo que nunca vi em mais lado nenhum. francesas ou não, têm a sofisticação dans sa peau.

ps. - e no meio de tudo, há a francesa Emmanuelle Alt, o chic francês em pessoa ;)